Artigos

Saiba se pneus mais largos oferecem melhor aderência e qual a vantagem de usá-los

Uma das máximas do mundo dos automóveis é que pneus mais largos oferecem melhor aderência e estabilidade ao carro e ao motorista. Mas será que isso é verdade?

Qual é o impacto real da largura do pneu ao dirigir? Se os mais largos dão melhor aderência, então não é mais vantajoso usar sempre pneus mais largos?

No artigo de hoje, veremos como não é bem assim que as coisas funcionam e que você deve ter certos cuidados ao comprar pneus. Siga a leitura para saber mais sobre o assunto.

Os pneus mais largos oferecem melhor aderência sempre?

Essa é uma excelente pergunta e uma pegadinha também. O segredo está na palavra “sempre”. Além disso, na diferença entre “aderência” e “estabilidade”. Mas vamos explicar aos poucos.

Em primeiro lugar, aderência e estabilidade não são exatamente a mesma coisa. A aderência é o contato entre o pneu e a pista. Já a estabilidade é a facilidade para dirigir e ausência de variações no comando do carro.

Quanto mais aderência, em situações normais, maior é a estabilidade. Entretanto, existem vários contextos em que isso muda.

Um dos principais exemplos é quando a estrada está molhada, durante a chuva. Nesse caso, a maior aderência aumenta o risco de aquaplanagem e, na verdade, diminui a estabilidade na direção.

Isso acontece porque os sulcos da superfície do pneu são responsáveis por expelir a água quando o carro passa e melhora a dirigibilidade na chuva. No entanto, as peças mais largas tem menos área com sulcos e lidam pior com a estrada molhada.

Outro exemplo famoso é quando estamos em alta velocidade na estrada e precisamos fazer uma curva. A maior aderência diminui a estabilidade na curva, especialmente se a suspensão do veículo não foi feita para um pneu tão largo.

O tipo de pneu também influencia muito na aderência dele na pista, além da estabilidade na direção. Existem pneus mistos, on road e off road.

No caso dos off road e mistos, os sulcos do pneu são maiores para poder lidar melhor com a água e lama em estradas de terra.

Por causa disso, mesmo que o pneu seja mais largo, ele pode ter na verdade menos aderência do que um on road mais estreito.

Então,  sim. O pneu mais largo oferece maior aderência na pista. Isso é autoevidente. Quanto maior o pneu, maior a área em contado com a pista e, consequentemente, maior aderência.

No entanto, como vimos acima, nem sempre a maior aderência representa mais estabilidade na direção.

Devo usar o pneu mais largo ou não?

Isso depende muito de você e do que você quer para o seu carro. Como pudemos ver, o pneu mais largo garante sim mais aderência, mas também vem com alguns lados negativos.

Um deles, que não mencionamos anteriormente, é que o pneu mais largo resulta num ligeiro acréscimo no consumo de combustível pelo automóvel.

A lógica é simples: por ser maior, o pneu é mais pesado. Por ser mais pesado, requer mais força do motor para girar. Para ter mais força, o motor precisa queimar mais combustível.

Em carros maiores, como SUVs, o impacto disso é menor, já que os motores são naturalmente mais potentes e os automóveis já são obviamente mais pesados.

No entanto, em carros comerciais leves e de baixa potência, o impacto é bem mais significativo.

Quer dizer então que você não deve nunca usar um pneu mais largo que o normal? Não, não é verdade.

Carros esportivos e superesportivos fazem bom uso dos pneus mais largos,  porque precisam de mais aderência na pista por causa das altas velocidades.

Por isso, é comum encontrar esportivos que usam pneus mais largos no eixo traseiro e pneus mais finos no eixo dianteiro. A ideia é controlar a estabilidade do veículo oferecendo maior aderência na parte de trás do automóvel.

Em resumo, a decisão de usar ou não os pneus mais largos deve vir após analisar suas características, efeitos no carro e hábitos do motorista. Se ele se encaixar nessas condições, então pode ser uma mais-valia para o seu automóvel.

Quais as características úteis do pneu mais largo?

Quem ler apenas as duas primeiras seções do artigo pode ficar com a opinião de que o pneu mais largo é péssimo e não serve para nada. Na verdade, também não é assim.

Ele não é o melhor pneu do mundo por conferir mais aderência e nem é o pior por causa das características que foram apontadas.

Na verdade, existem várias vantagens de usá-los em carros (desde que o veículo possa recebê-los, claro).

Uma delas é o conforto oferecido ao dirigir, já que o pneu mais largo garante uma condução mais confortável para o motorista.

Outro ponto positivo é que os pneus largos são mais resistentes a impactos. Isso faz com que seja mais difícil causar bolhas neles ao passar por um buraco ou lombada, além de aguentar mais facilmente o peso de veículos maiores como um SUV.

Por causa dessas vantagens, os pneus mais largos são recomendados para veículos que andam em estradas de terra e que são esportivos, com alta velocidade.

Já veículos comerciais leve, como um hatch ou sedã, funcionam melhor com pneus estreitos, que são mais velozes para o dia a dia, consomem menos combustível e garantem uma agilidade na condução, além de evitar a aquaplanagem durante dias de chuva.

Concluindo: o pneu mais largo deve ser instalado com cautela

Para finalizar, podemos concluir que os pneus mais largos garantem sim maior aderência na pista e contam com algumas vantagens, mas não são equipamentos para qualquer carro.

Se você pretende usá-los em seu carro porque ouviu falar que a condução fica mais estável, provavelmente terá uma surpresa negativa quando fizer a troca de pneus.

Na verdade, para o dia a dia, o pneu largo não é recomendado especialmente por causa da aquaplanagem e maior consumo de combustível. Principalmente carros de passeio leves devem passar longe dessa opção.

No entanto, os carros que andam em terrenos acidentados e de terra não precisam se preocupar tanto com a aquaplanagem e podem usar os pneus largos mais frequentemente. Isso é especialmente útil porque são peças mais resistentes, capazes de lidar melhor com os impactos das estradas esburacadas e com oscilações.

Agora que você já conhece as vantagens dos pneus mais largos, pode tomar a decisão se deve ou não colocá-los em seu carro. Se pensar em instalá-los, conte com uma oficina especializada e de confiança.

Se você gostou do artigo, deixe um comentário com a sua opinião abaixo!

Sobre o autor

Magazine Automotiva

Magazine Automotiva

Comentários no Facebook

Publicidade

Curta nossa página