Artigos

Veja cinco situações que mostram porque a venda de carros é mais segura com as plataformas online

Por Luca Cafici *

O automóvel é um dos bens que pode ser considerado essencial para os brasileiros. Com ele, as pessoas conseguem se locomover entre cidades e estados, podem trabalhar ou se divertir e, ainda por cima, possui um grande valor financeiro agregado. Por conta disso, é natural que o motorista tenha receio na hora de vendê-lo. Uma decisão errada pode, por exemplo, resultar em uma negociação bem abaixo do preço que ele vale ou, pior, em ser vítima de fraude. Contudo, a insegurança na venda automotiva está ficando para trás graças às plataformas online de intermediação, que conseguem resolver grande parte dos problemas enfrentados pelos usuários. Confira cinco situações que reforçam a segurança da negociação nestas empresas:

1 –Preço justo

Uma das principais preocupações do motorista na hora de vender seu automóvel é conseguir um valor considerado justo. Ainda hoje a tabela FIPE é utilizada como referência para definição do preço, mas ela não reflete as reais condições do veículo e ainda por cima é uma média que aglutina diferentes modelos e versões. Já a negociação por meio da plataforma acontece após o carro passar por uma vistoria e o usuário recebe os valores e propostas online, podendo escolher aquela que é mais vantajosa.

2 – Negociação rápida e eficiente

Além do preço, outro incômodo dos motoristas era com o prazo para venda. Antigamente, a negociação com um possível interessado poderia se arrastar por meses sem ter a garantia de que a venda seria concretizada. Era um problema grave porque tirava o poder de barganha de quem precisava vender rapidamente. As plataformas, por sua vez, conseguem o valor ideal rapidamente. Após a vistoria do veículo, os motoristas começam a receber ofertas em trinta minutos. Dependendo dos valores, ele pode concretizar tudo em menos de uma hora.

3 – Auxílio com a documentação

A venda de um veículo não termina com o acordo no preço e o depósito no valor. É preciso levantar toda a documentação e garantir a transferência da titularidade. A pessoa que resolve vender sozinho seu carro fica responsável por todo este procedimento, inclusive no contato com o comprador para assinar a transferência no cartório. Contudo, se a negociação for pela plataforma, não há preocupação: a empresa vai correr atrás de todos estes detalhes para você.

4 – Suporte de atendimento

Ainda que o carro seja um bem comum para grande parte das famílias brasileiras, o processo de venda e de compra de um usado é bem mais complexo do que parece e sempre há dúvidas sobre as etapas, a documentação ou até o funcionamento dessas plataformas online. Para auxiliar nisso, essas companhias contam com uma equipe de suporte e atendimento para esclarecer todos os pontos, seja antes, durante ou depois da venda. O objetivo é assegurar que a pessoa tenha a certeza de que fez um bom negócio.

5 – Transparência na comunicação

Por fim, quando se tem o apoio das plataformas online na venda de veículos, o motorista sabe que terá uma comunicação clara e transparente em toda a sua jornada. Diferentemente do que acontecia antigamente, quando não havia informações disponíveis, atualmente cada etapa do negócio é sinalizada para o vendedor, que tem a opção de seguir adiante ou não. Além, é claro, dos inúmeros canais de relacionamento e conteúdos online que ajudam a esclarecer ainda mais os processos de venda dentro dessas soluções.

*Luca Cafici é CEO e Co-fundador da InstaCarro, startup de compra e vendas de carros instacarro@nbpress.com

Sobre o autor

Magazine Automotiva

Magazine Automotiva

Comentários no Facebook

Publicidade

Curta nossa página