Artigos

Sem Parar, ConectCar ou Veloe. Qual o melhor sistema de tag para pedágio?

Acreditamos que a grande maioria das pessoas sabe do que se trata um pedágio, pois esta é uma realidade presente em quase todos os Estados.

Mas por qual motivo os pedágios existem e quais direitos eles asseguram a quem os paga? Qual o sistema para recebimento dos pedágios?

Para responder estas e mais questões a respeito do assunto, fizemos este artigo com o intuito de esclarecer da melhor forma possível conceitos, informações e apresentação do sistema de tag para pedágio, onde tag significa etiqueta, ou seja, seria um dispositivo de pagamento automático.

Vamos lá, então?

Para que pedágios funcionam?

Primeiramente deve ficar claro para você leitor, que o nosso país tem por dever fornecer alguns serviços básicos e constitucionais para todos os cidadãos, acarretando gastos.

Assim como outros tipos de serviços, a manutenção das rodovias também faz parte deste montante de gastos. Apesar de necessário, outras atividades são mais urgentes, ou por dizer assim, imprescindíveis.

Desta forma, o Estado direciona as atividades como a das estradas para uma outra predominância que não a pública, mas, sim, a privada.

A instância privada fica encarregada de manter estes serviços, que em sua maioria são feitos de forma contratual, lucrando com isso e também fazendo as devidas manutenções rodoviárias.

Mais adiante veremos o sistema de tag para pedágio.

Como é calculado o valor do pedágio

Para chegar neste cálculo toma-se como base a tarifa quilométrica básica, que estabelece o valor que a instância privada pode cobrar por quilômetro administrado para veículos de passeio.

A exemplo, citaremos a cidade de Fortaleza, no estado do Ceará, cuja Ponte do Rio Ceará, com fluxo Caucaia-Fortaleza-Caucaia cobra um valor de R$ 2,00 para veículos de passeio e R$ 1,00 para as motocicletas. No caso de caminhões, veículos comerciais e ônibus o destino é relevante e caso queira ver as tarifas acesse: http://pedagiosonline.com.br/.

Sem Parar

Atualmente a rede Sem Parar opera com pedágios em estradas de 12 estados e em mais 400 estacionamentos comerciais como shoppings, aeroportos, hospitais e afins, bem como em 500 postos de gasolina da rede Shell em São Paulo, Rio de Janeiro e no Paraná.

Os planos de pagamentos são os seguintes:

-Mensal: R$ 21,74 por mês

-Mensal exclusivamente para pedágios: R$ 10,58 por mês juntamente com uma taxa para aderir de R$ 40

-Recarga automática só para pedágios: R$ 4 a R$ 15 por recarga, de acordo com o valor carregado (entre R$ 25 e R$ 150) com uma taxa de adesão de R$ 40.

-Caminhões: verifique as tarifas e planos no link eletrônico do site da Sem Parar: https://www.semparar.com.br/.

ConectCar

A rede ConectCar tem funcionamento em pedágios de estradas de 14 estados e o Distrito Federal, cerca de 250 estacionamentos e estabelecimentos comerciais. Suas taxas são:

-Recarga avulsa (prazo de 120 dias para a utilização dos créditos): R$ 4,90 a R$ 21,90 por recarga, de acordo com o valor carregado (entre R$ 30 e R$ 500) com uma taxa de R$ 35 pela compra do dispositivo.

-Recarga automática: 4,90 por mês com uma taxa de R$ 35 pela compra do dispositivo, sendo que durante 1 ano esta taxa é gratuita.

Enquanto a Sem Parar aderiu aos postos Shell, a ConectCar aderiu aos postos de gasolina Ipiranga para descontos em abastecimentos.

-Planos empresariais: acesse o site da ConectCar no endereço eletrônico: http://www.conectcar.com.

O que mais vale a pena?

Opte por aderir à tag Sem Parar se você sempre está transitando por muitos pedágios e fazendo uso constante de estacionamentos pagos.

Caso a frequência de passagens por pedágios é esporádica, a melhor opção é a ConectCar.

Veloe

Plataforma relativamente nova viabilizada pelo Banco do Brasil e Bradesco, possui a empresa Alelo como intermediadora para os pagamentos.

Este serviço foi desenvolvido tanto para pessoas físicas quanto jurídicas, sendo desta forma um serviço diversificado para uso na cidade e nas rodovias, com vários planos a depender do perfil do cliente e local de uso.

A Veloe quer registrar até o ano de 2020 uma marca de cerca de 1milhão e meio de usuários. Os planos deste sistema de tag para pedágio oscilam entre R$ 4,90 a R$ 19,90 a depender do local de uso.

 Qual a sua situação e em qual plano você mais se adequa?

Conte-nos aqui e fique ligado em nossas notícias automotivas

Sobre o autor

Magazine Automotiva

Magazine Automotiva

Comentários no Facebook

Publicidade

Curta nossa página