Dicas

Como é feita a instalação de vidros elétricos?

vidros elétricos
© Shutterstock.com

Conforto e comodidade são fatores de suma importância na hora de adquirir um veículo. A pressa do dia a dia exige que tudo seja prático e rápido, especialmente no que diz respeito ao deslocamento para o trabalho e de volta para casa. Falar de conforto, comodidade, praticidade e rapidez em veículos significa falar de acessórios e tecnologia. Afinal, todo carro cumpre com a sua função de deslocar o dono dentro e fora de sua cidade. Porém, alguns diferenciais fazem com que alguns carros sejam mais cobiçados do que outros na sociedade.

Vidros elétricos são imprescindíveis no momento de mensurar o valor de um veículo. Veículos que possuem vidros elétricos dianteiros e traseiros de fábrica são extremamente valorizados. Mesmo quando um veículo só possui vidro dianteiro, já ajuda bastante o motorista, que não precisa tirar o seu foco da direção para abrir e fechar manualmente. Acredita-se que os vidros manuais estão com os dias contados. Mas enquanto isso ainda não acontece, quem ainda não dispõe dessa comodidade pode desfrutá-la de um jeito fácil – basta instalar um kit de vidros elétricos!

Vale a pena instalar vidros elétricos no veículo?

As versões sem vidro elétrico dos veículos disponibilizados pelas montadoras são excelentes opções para quem precisa do veículo e também pensa no fator econômico. Afinal, como dissemos no início do artigo, todo veículo cumpre com a sua função, mesmo não dispondo de todos os acessórios que proporcionam conforto. As versões sem vidro elétrico são bem mais baratas, permitindo que se planeje uma possível instalação posterior, feita pelo mecânico de sua confiança. Em outras palavras, a instalação de vidros elétricos vale a pena porque é acessível e cumpre com a sua proposta, podendo ser feita a qualquer momento após a compra do veículo e agregando maior valor na hora da revenda

A instalação do kit de vidros elétricos é um processo bastante simples e não representa nenhum risco para o veículo. Em primeiro lugar, o proprietário deve adquirir o kit de vidros indicado para o seu veículo, incluindo ano e modelo. É importante se certificar que as embalagens de todos os acessórios que você optar por adquirir estejam lacradas. Isso assegura a compra de um produto novo e de qualidade. O kit pode ser para vidros dianteiros ou conter o jogo completo. Neste caso, também depende da vontade do proprietário. Pessoas que possuem filhos geralmente preferem vidros elétricos em todo o veículo.

O kit de vidros elétricos contém as máquinas para cada vidro (dispositivo que permite a abertura e o fechamento), chicotes, interruptores, módulo e molduras, que serão instaladas de acordo com o manual do fabricante, que também acompanha o kit. É importante que a instalação seja feita por um profissional especializado, garantindo que todas as peças sejam devidamente instaladas e que não haja problemas posteriores. É importante lembrar que o procedimento abrange a estrutura elétrica do veículo e não deve correr o risco de ser efetuado por amadores ou pessoas pouco familiarizadas com mecânica. O serviço é acessível e rápido e o resultado certamente te deixará muito satisfeito.

 

Sobre o autor

Magazine Automotiva

Magazine Automotiva

Comentários no Facebook

Publicidade

Curta nossa página