Artigos

O papel da tecnologia por trás da qualidade dos lubrificantes automotivos

Em um mercado cada vez mais exigente e apoiado em tecnologias e inovações, é mandatório que se tenha um controle de qualidade muito mais atento e rigoroso em todas as áreas de produção. No setor de lubrificantes automotivos não é diferente. O desenvolvimento tecnológico, alinhado a processos e certificações, é fator chave na fabricação e no controle de qualidade de óleos lubrificantes e fluídos de motores.

De um modo geral, os lubrificantes são uma combinação de óleo básico, ou sintético, somados a aditivos. Ele tem como principal função, no caso do automotivo, manter as peças do motor sempre lubrificadas e reduzir o atrito e o calor que emana desses componentes, a fim de minimizar o desgaste e prolongar a vida útil do automóvel.

É baseado neste desafio que entendemos a importância do controle de qualidade dos lubrificantes e dos cuidados em sua produção. Ou seja, é necessário que sejam seguidas à risca as especificações técnicas de cada produto e respeitadas as diretrizes nacionais e internacionais, assim como a garantia das certificações ISO 9000, ISO 14000, IATF/TS 16949, entre outras.

A partir deste contexto, a tecnologia tem papel fundamental e reforça o conjunto de responsáveis pela garantia de qualidade dos produtos. Nos principais laboratórios do Brasil, como no da FUCHS , por exemplo, existem tecnologias de última geração em equipamentos para testes, como de controle de conteúdo de partículas a laser, testes de espuma, de resfriamento, de proteção contra ferrugem e corrosão, entre outros, que são os responsáveis pela garantia de produtos qualificados que atendam às demandas do mercado.

O alto nível de poder inovador é uma força motriz essencial para o desenvolvimento contínuo dos lubrificantes, com aumento da eficiência e expansão dos ciclos de vida dos produtos, aprimoramento de lubrificantes multifuncionais e produtos inovadores, que atendam novos requisitos técnicos e regulatórios, além de melhorar a eficiência energética, processual e de custo das empresas. Ao mesmo tempo, é importante o comprometimento com objetivos sustentáveis e um olhar voltado a soluções que contribuam para a conservação do meio-ambiente e seus recursos.

É com atenção a todos estes rígidos testes de controle de produção e de laboratório que o consumidor pode ter a certeza de que está adquirindo um produto extremamente confiável e de alto desempenho.

Sobre o autor

Magazine Automotiva

Magazine Automotiva

Comentários no Facebook

Publicidade

Curta nossa página