Análises

SUVs: saiba quais foram os modelos menos e mais depreciados no primeiro semestre de 2019

Peugeot 5008 é o SUV menos depreciado do semestre com apenas 0,59% em queda. Ford EcoSport tem a maior depreciação, com 13,57%

Carros ainda são o objeto de desejo de muitos brasileiros. Com mais visibilidade, maior sensação de segurança e pneus resistentes, a categoria de SUVs é uma das mais almejadas. Para auxiliar em decisões assertivas, a KBB Brasil, site referência em precificação de carros novos e usados, fez uma análise dos SUVs que menos e mais perderam valor no primeiro semestre do ano, baseado em veículos com ano/modelo 2019, vendidos como 0KM entre janeiro e junho deste ano, e que já possuíam ofertas no mercado de seminovos em janeiro. Mais de 400 versões foram analisadas.

O estudo apresenta o Peugeot 5008 como o SUV menos depreciado do semestre, com 0,59%, uma grande vantagem frente aos outros modelos. Com uma taxa maior, o 2º lugar fica com o Volvo XC60, que depreciou 2,72%. A Toyota SW4 garante seu lugar entre os cinco que menor perderam valor com 3,60%. Já a Volvo aparece novamente na 4ª posição, com o XC40, trazendo uma queda de 3,60% do seu valor original. Fechando o TOP 5, a campeã retorna ao ranking com o Peugeot 3008, apresentando uma depreciação de 4,01%.

Quanto aos SUVs que mais depreciaram no semestre, o Ford EcoSport ocupa o último lugar no estudo com 13,57% de queda do seu valor original. Em penúltimo lugar, o JAC T50 aparece no ranking com uma queda de 13,25% em seu preço.

Veja o ranking completa com os modelos SUVs de menores e maiores taxas de depreciação dos seis primeiros meses de 2019:

MARCA/MODELODepreciação:Jan/19 a Jun/19
Peugeot 5008-0,59%
Volvo XC60-2,72%
Toyota SW4-3,60%
Volvo XC40-3,80%
Peugeot 3008-4,01%
Chevrolet Tracker-4,06%
Citroen C4 Cactus-4,50%
Lifan X80-4,52%
Lifan X60-4,90%
Honda HR-V-5,04%
Hyundai ix35-6,08%
Ford Edge-6,33%
Honda WR-V-6,55%
Caoa Chery Tiggo 2-6,70%
Nissan Kicks-7,00%
Suzuki Jimny-7,33%
Mitsubishi ASX-7,44%
Mitsubishi Eclipse Cross-7,46%
Renault Captur-7,55%
Caoa Chery Tiggo 5X-7,63%
JAC T40-7,85%
Peugeot 2008-7,93%
Suzuki Vitara-8,06%
Jeep Renegade-8,27%
Kia Sportage-8,27%
Mercedes-Benz GLA-8,33%
Lexus NX300h-9,00%
Jeep Compass-9,19%
Chevrolet Equinox-9,42%
Hyundai Creta-9,69%
JAC T80-10,27%
Hyundai New Tucson-10,57%
Chevrolet Trailblazer-12,10%
Suzuki S-Cross-12,26%
JAC T50-13,25%
Ford EcoSport-13,57%

Neste estudo, foi aplicado o conceito de depreciação por modelo, levando em consideração um índice ponderado que atribui pesos diferentes às versões, conforme seu volume de vendas. A depreciação usa o valor do veículo 0 Km em um período determinado em relação a seu atual valor residual, sempre considerando o mesmo ano/modelo e sem o mesmo rigor de sua definição contábil, que tem regras muito estritas.

A KBB utiliza tecnologias de análise de dados e Big Data para produzir os levantamentos de precificação e desvalorização de veículos novos e usados. Os valores aqui presentes são gerados por meio de um complexo algoritmo, que analisa diversos fatores de comportamento do mercado automotivo brasileiro, além de seguir uma rígida análise de especialistas. A empresa atua com o propósito de conscientizar os consumidores na compra e venda de carros a partir da determinação de preços justos.

Sobre a Kelley Blue Book

Criada em 1926 nos Estados Unidos, a Kelley Blue Book é referência em preços de carros novos e usados tanto para quem compra quando para quem vende. Ela usa como base de cálculo para o Preço KBB valores de mercado praticados regionalmente. Também é a única a produzir uma tabela que apresenta o preço de troca de um carro levando em conta fatores como quilometragem, cor, nível de equipamentos e estado de conservação do veículo. E que permite que ninguém perca dinheiro na negociação: seja de um novo ou de um usado. Também oferece conteúdo editorial abrangente em texto e vídeo, com dicas e avaliações de especialistas, ferramentas para comparação de carros e opinião do dono.

Referência em precificação no mercado automotivo norte-americano, a KBB está no Brasil desde outubro de 2017 com o site kbb.com.br. A sede da Kelley Blue Book é baseada em Irvine, Califórnia, e faz parte da Cox Automotive.

Sobre o autor

Magazine Automotiva

Magazine Automotiva

Comentários no Facebook

Publicidade

Curta nossa página